Reintegração de posse retira famílias de conjunto habitacional em SP

A maior parte dos ocupantes deixou o local antes da chegada da polícia.

© Arquivo/Fabbinho/SEHAB/Governo de São Paulo

© Arquivo/Fabbinho/SEHAB/Governo de São Paulo

Ao menos 40 famílias estão sendo removidas de um conjunto habitacional em uma reintegração de posse na região do Campo Limpo, zona sul da capital paulista. A ação com a presença da Polícia Militar (PM) começou por volta das 8h de hoje (14).

Segundo a PM, a maior parte dos ocupantes deixou o local antes da chegada da polícia. Porém, no final da manhã, parte das famílias ainda fazia a retirada dos móveis e objetos pessoais de dentro dos apartamentos.

Os prédios foram construídos em um convênio entre a Caixa e a União dos Movimentos de Moradia Independente da Zona Sul de São Paulo dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida Entidades. Foi o movimento de moradia que ingressou com a ação judicial pedindo a reintegração de posse em novembro do ano passado.

A Secretaria Municipal de Habitação disse que tentou buscar uma saída negociada dos ocupantes dos imóveis, no entanto, as famílias não compareceram à reunião agendada para a mediação. “Para essas 40 famílias, foi ofertado o cadastro nos programas habitacionais do município”, acrescenta a secretaria em nota.

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social disse que está oferecendo acolhimento às famílias que ocupavam os imóveis, mas, até o momento, nenhuma aceitou.

*Agência Brasil

VEJA TAMBÉM