Governo de SP paga a terceira parcela do Merenda em Casa

O programa atende 740 mil estudantes.

© Arquivo/ Agência Brasil

© Arquivo/ Agência Brasil

Pelo menos 740 mil estudantes começaram, na última sexta-feira (12), a receber o pagamento da terceira parcela do programa Merenda em Casa. O programa prevê o pagamento de R$ 55 para a compra de alimentos pelo Governo de São Paulo enquanto as aulas presenciais da rede pública estadual permanecerem suspensas por conta da pandemia da covid-19. Desse total, 113 mil estudantes mais carentes voltam a receber o subsídio dobrado. A verba extra é garantida por meio de uma iniciativa da Comunitas, organização social especializada em parcerias público-privadas.

O pagamento é feito por meio do aplicativo PicPay, utilizado em qualquer smartphone. Aqueles que já fizeram cadastro e validaram a identidade não precisam refazer o processo, pois os valores caem na conta automaticamente.

Para ter acesso ao benefício não é necessário ter conta bancária ou cartão de crédito. É possível sacar o dinheiro em um caixa eletrônico da rede 24Horas e transferir o valor para outras contas, sem taxa adicional. Além disso, os beneficiários podem fazer pagamentos por meio do celular nos estabelecimentos que aceitam PicPay.

De acordo com o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, não serão permitidas cobranças de taxas dos beneficiários. “Se a pessoa decidir transferir para a sua conta, a taxa bancária será bancada pela PicPay. Se resolver sacar no banco 24 horas, a taxa cobrada será paga também pela PicPay. Isso foi uma condição colocada para que o dinheiro público e o dinheiro dos parceiros sejam utilizados integralmente pelas pessoas”.

*Agência Brasil