Empresário brasileiro e filho morrem soterrados em fossa em Portugal

Rui Duarte Cordeiro, de 50 anos, e o filho dele Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, morreram. Eles eram donos da Palmito da Fazenda.

Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, morreu após cair em uma fossa em Portugal — Foto: Arquivo Pessoal

Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, morreu após cair em uma fossa em Portugal — Foto: Arquivo Pessoal

O empresário brasileiro Rui Duarte Cordeiro, de 50 anos, e o filho dele, Gonçalo Pereira Duarte, de 30 anos, morreram após caírem em uma fossa de exploração de suinicultura em Portugal. O outro filho do empresário, Rafael Cordeiro, permanece internado em estado grave em um hospital português. Além de pai e filho, um funcionário da propriedade também morreu na fossa.

A família é de Registro, no interior de São Paulo, e parte dela vive em Portugal. Por meio das redes sociais, a empresa Palmito da Fazenda, localizada em Registro, divulgou o falecimento do dono e do filho. A loja estará fechada por motivo de luto, informou o comunicado.

De acordo com informações apuradas pelo G1 e divulgadas pela imprensa local, o acidente ocorreu na tarde deste sábado (1), na fazenda chamada Herdade da Galega, localizada na vila Chamusca, no Distrito de Santarém. A família possuía um alojamento rural e explorava a suinicultura na área.

Segundo a imprensa local, um funcionário da fazenda realizava a limpeza na fossa de dejetos quando caiu no local. Rui e os dois filhos, Gonçalo e Rafael, foram tentar ajudar o funcionário e também caíram. A filha do empregado também tentou resgatar o pai e ficou ferida.

Herdade da Galega, onde ocorreu o acidente, em Portugal — Foto: Cofina Jornal
Herdade da Galega, onde ocorreu o acidente, em Portugal — Foto: Cofina Jornal

Equipes do Corpo de Bombeiros foram até o local e conseguiram resgatar Rafael, que foi levado ao Hospital de Santarém. A filha do funcionário também foi retirada com vida e transportada para o Hospital de Abrantes com ferimentos graves. Gonçalo, Rui e o funcionário Bruno morreram dentro da fossa.

De acordo com a imprensa local, a fossa de suinicultura tinha cerca de 6 metros de profundidade. As vítimas morreram soterradas.

Gonçalo vivia em Registro, no interior de São Paulo, e passava as férias na casa da família em Portugal, onde o pai morava. Gonçalo era solteiro e deixa dois filhos. O velório e o enterro de pai e filho acontecerão em Portugal.

Fossa onde ocorreu o acidente em Portugal — Foto: Confina Jornal
Fossa onde ocorreu o acidente em Portugal — Foto: Confina Jornal

Palmito da fazenda

Gonçalo comandava a ‘Palmito da Fazenda’, uma empresa do Grupo Poçágua, a qual possui mais de 10 anos de experiência no ramo de poços artesianos, estabelecida dentro da Fazenda Barra do Capinzal. No local, há a criação de bubalinos e cultivo do palmito pupunha.

Gonçalo inovou ao trazer para a região do Vale do Ribeira o cultivo de palmito de forma orgânica, com quase 100% de aproveitamento e a criação de bubalinos de forma natural.

Os produtos derivados do palmito e da criação de búfalo são vendidos na loja Palmito da Fazenda, situada às margens da rodovia Régis Bittencourt (BR 116), no km 456, no bairro Capinzal. Em 2018, Gonçalo também inaugurou a Hamburgueria Palmito da Fazenda, em Registro, que oferece lanches feitos com carne de búfala, além de pratos tradicionais da culinária portuguesa.

Loja Palmito da Fazenda, em Registro — Foto: Divulgação
Loja Palmito da Fazenda, em Registro — Foto: Divulgação