Assassino da menina Emanuelle é encontrado morto em prisão

Agnaldo Guilherme Assunção era vizinho da família a confessou o crime. Ele queria se vingar da mãe da criança.

Agnaldo é vizinho de Emanuelle e confessou que matou a menina a facadas em Chavantes — Foto: Reprodução/TV TEM

Agnaldo é vizinho de Emanuelle e confessou que matou a menina a facadas em Chavantes — Foto: Reprodução/TV TEM

O assassino da menina Emanuelle Pestana de Castro, de 8 anos, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (15) na cela onde estava preso, revelou o portal G1. Agnaldo Guilherme Assunção, de 49, confessou ser o autor do assassinato da garota.

Emanuelle foi encontrada morta na noite dessa segunda-feira (13), em Chavantes (SP). Ela estava desaparecida desde sexta-feira (10).

Agnaldo foi preso nessa terça-feira (14) como o principal suspeito pelo homicídio. Ele disse à polícia que queria se vingar da mãe da menina. Câmeras de segurança registraram o homem conversando com a vítima em uma praça, momentos antes de a criança desaparecer.

Após buscas no local indicado pelo suspeito, o Corpo de Bombeiros encontrou o corpo de Emanuelle em um pequeno riacho.

A menina foi assassinada com 13 facadas, segundo apurou a Polícia Civil. A arma usada no crime foi apreendida e foram solicitados exames de corpo de delito e de DNA.

O caso foi registrado como homicídio qualificado e ocultação de cadáver na Delegacia Seccional de Ourinhos.

Emanuelle foi morta a facadas (Foto: Arquivo Pessoal)
Emanuelle foi morta a facadas (Foto: Arquivo Pessoal)