Polícia investiga caso de cachorro enterrado vivo em Osasco (SP)

Homem responsável pelo vídeo registrou boletim de ocorrência. Animal morreu dois dias depois de ser internado, com sinais de tortura

Local onde o cachorro teria sido encontrado vivo, em Osasco (SP) (Foto: Reprodução/ Record TV)

Local onde o cachorro teria sido encontrado vivo, em Osasco (SP) (Foto: Reprodução/ Record TV)

Depois do vídeo de um cachorro enterrado vivo viralizar nas redes sociais, o responsável pelo resgate registrou um boletim de ocorrência, e agora a polícia investiga o caso para achar por possíveis culpados. O cão foi encontrado no Jardim Veloso, em Osasco, na Grande São Paulo. As informações são da Record TV.

No vídeo é possível ver o animal enterrado sob uma pilha de pedras, terra e entulho, somente com o focinho de fora. O cão chora bastante, aparentemente sem conseguir se mover. (Assista abaixo)

Ele foi levado para o veterinário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu dois dias depois de ser socorrido, na última sexta-feira (3). O homem que o encontrou viu sinais de tortura no animal, que estava “bastante debilitado, aparentando estar com a espinha dorsal quebrada e com cegueira”.

Em publicação nas redes sociais, Daisy Martins, a filha do responsável pelo resgate do cão, confirmou a morte do animal e acrescentou que o animal tinha sido queimado vivo e espancado. O caso foi registrado por maus-tratos, e será apurado na DICMA (Delegacia do Meio Ambiente), em Osasco.