Ladrão fica engasgado com corrente de ouro furtada de idosa e precisa passar por endoscopia para a retirada da joia do esôfago

Criminoso foi contido por populares no Centro de Presidente Prudente e depois levado ao Hospital Regional (HR), onde se submeteu ao procedimento médico.

Um homem de 39 anos foi preso em flagrante na tarde desta segunda-feira (23) após furtar uma corrente de ouro de uma idosa de 79 anos no Centro de Presidente Prudente (SP). As informações são do portal G1.

Ele foi detido por populares e, para tentar despistar os policiais, ainda tentou engolir a joia subtraída da vítima, mas sem sucesso.

Policiais militares estavam em patrulhamento de rotina através de motocicletas pelo Centro de Presidente Prudente quando passaram pela Rua Rui Barbosa e notaram um tumulto de pessoas que mantinham um homem imobilizado no chão.

Os populares disseram aos militares que o homem detido havia acabado de furtar uma idosa nas proximidades, na Rua Major Felício Tarabai.

Logo em seguida, a vítima chegou ao local e relatou que quando entrava em seu carro, que estava estacionado na Rua Major Felício Tarabai, aquele homem havia puxado a corrente de ouro que ela carregava em seu pescoço e saiu correndo.

A idosa gritou por socorro e populares seguiram e detiveram o ladrão.

Com o suspeito, os militares não encontraram nada ilícito, contudo, quando pegavam seus dados, os policiais perceberam que o homem tinha dificuldades para engolir e para falar.

Como o suspeito negava a autoria do crime, mas tinha sido indicado pelos populares como o autor do furto e demonstrava as dificuldades para engolir e para falar, os militares solicitaram que o homem fosse conduzido ao Hospital Regional (HR) com o objetivo de constatar a situação, já que estavam receosos de que ele tivesse engolido a corrente e o pingente da idosa, bem como para verificar se corria risco de morte em um eventual engasgamento.

No HR, foi constatado que o homem realmente havia engolido a corrente que tinha furtado, a qual estava parada em seu esôfago. A joia foi retirada do organismo do ladrão através de um procedimento de endoscopia realizado no hospital por um médico de plantão.

Quanto ao pingente que também estava na corrente, uma senhora o teria achado no chão e o devolvido à vítima.

O suspeito recebeu voz de prisão em flagrante e foi conduzido à Delegacia Participativa da Polícia Civil.

Os militares também apresentaram à Polícia Civil a corrente e o pingente, que ficaram apreendidos para envio à Central de Polícia Judiciária (CPJ) para os procedimentos de praxe.

Segundo a vítima, as joias estão avaliadas em aproximadamente R$ 4 mil.

Na delegacia, o ladrão confessou o crime e disse que estava morando nas ruas de Presidente Prudente, após ter vindo da cidade de Iepê (SP) na semana passada. Ele alegou ainda que, como precisava de dinheiro para voltar para Iepê, resolveu praticar o furto.

Após analisar as circunstâncias do caso, a Polícia Civil ratificou a voz de prisão em flagrante do envolvido.

Como ele conta com antecedentes com condenação por crime doloso e ainda é suspeito da prática de diversos furtos na cidade de Iepê, onde reside, a Polícia Civil não lhe arbitrou fiança e o homem permaneceu preso no aguardo da audiência de custódia na Justiça. Se tiver a prisão mantida pela Justiça, ele será posteriormente encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá.