Após ser surpreendido com mais de 5 toneladas de maconha, motorista de caminhão foge correndo no interior de SP

Abordagem aconteceu no pedágio da SP-225, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP). Homem conseguiu fugir pelo matagal e ainda não foi localizado.

Carregamento com 262 fardos de maconha e quase 5,5 toneladas é considerada a maior apreensão da droga na região neste ano — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

Carregamento com 262 fardos de maconha e quase 5,5 toneladas é considerada a maior apreensão da droga na região neste ano — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

A Polícia Rodoviária realizou, no fim da noite de sábado (14), em uma rodovia de Santa Cruz do Rio Pardo (SP), uma grande apreensão de droga ao abordar um caminhão com mais de cinco toneladas de maconha escondida em meio a uma carga de 30 toneladas de milho. As informações do portal G1.

Segundo a Polícia Rodoviária, esta é a maior apreensão de maconha deste ano na região de Ourinhos (SP). O motorista conseguiu fugir durante a abordagem correndo para um matagal ao lado da rodovia.

Segundo informações da polícia, os agentes desconfiaram de um caminhão com placas de Rincão (SP), porque motorista errou a troca de marchas várias vezes quando passava pela praça de pedágio do quilômetro 301 da Rodovia Engenheiro João Baptista Cabral Rennó (SP-225).

Maconha apreendida em Santa Cruz do Rio Pardo estava escondida em meio a 30 toneladas de milho — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação
Maconha apreendida em Santa Cruz do Rio Pardo estava escondida em meio a 30 toneladas de milho — Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

O caminhão foi parado e, segundo os policiais, o motorista teria simulado que ajudaria a descobrir a lona que cobria o semi-reboque. No entanto, ele saiu correndo por um matagal e não foi mais encontrado.

Debaixo da lona, os policiais encontraram o carregamento com 262 fardos de maconha, que foram levados para a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Ourinhos, onde o entorpecente foi pesado. Ao final da pesagem, a droga somou 5.416,7 quilos.

Ainda segundo a polícia, os fardos de maconha estavam identificados com escudos dos grandes times paulistas. A suspeita é que isso seria uma espécie de código para indicar o destino final de cada fardo de maconha. Segundo a polícia, o caminhão tinha como destino a cidade de Boituva (SP).

Droga ocupou vários cômodos da CPJ de Ourinhos, para onde foi levada para ser contabilizada e pesada — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Droga ocupou vários cômodos da CPJ de Ourinhos, para onde foi levada para ser contabilizada e pesada — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Droga ocupou vários cômodos da CPJ de Ourinhos, para onde foi levada para ser contabilizada e pesada — Foto: Adolfo Lima/TV TEM
Droga ocupou vários cômodos da CPJ de Ourinhos, para onde foi levada para ser contabilizada e pesada — Foto: Adolfo Lima/TV TEM