Bombeiros capturam jacaré no perímetro de segurança da Penitenciária

Foi um agente que trabalha na unidade prisional quem solicitou o resgate do animal ao avistá-lo na área próxima ao acesso na altura do km 572 da SP-294.

Jacaré foi capturado nesta segunda-feira (25) em Osvaldo Cruz — Foto: Corpo de Bombeiros

Jacaré foi capturado nesta segunda-feira (25) em Osvaldo Cruz — Foto: Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros capturou na manhã desta segunda-feira (25) um jacaré adulto, com cerca de 1,5 metro de comprimento, no perímetro de segurança da Penitenciária de Osvaldo Cruz, interior de São Paulo.

De acordo com os bombeiros, foi um agente penitenciário que trabalha na unidade quem solicitou o resgate do animal ao avistá-lo na área próxima ao acesso na altura do km 572 da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294).

Ainda segundo as informações dos bombeiros, não há nenhum rio no local em que o animal foi encontrado, mas existe nas proximidades uma espécie de represa, onde acreditam que o jacaré costumava ficar.

No momento em que foi visto, o animal estava calmo, mas apresentava ameaça à vida humana. Não há residências próximas ao local, porém, os visitantes dos presos da penitenciária costumam ficar naquela região.

Depois de capturado pelos bombeiros, o jacaré foi solto em habitat natural fora do perímetro urbano.

Nos últimos dois anos, foi o segundo animal da mesma espécie resgatado pelos bombeiros nas proximidades da Penitenciária de Osvaldo Cruz.

Jacaré foi capturado nesta segunda-feira (25) em Osvaldo Cruz — Foto: Corpo de Bombeiros
Jacaré foi capturado nesta segunda-feira (25) em Osvaldo Cruz — Foto: Corpo de Bombeiros
Jacaré foi capturado nesta segunda-feira (25) em Osvaldo Cruz — Foto: Corpo de Bombeiros
Jacaré foi capturado nesta segunda-feira (25) em Osvaldo Cruz — Foto: Corpo de Bombeiros