Policial aposentado tenta matar ex-mulher no trabalho horas depois da audiência de divórcio

Homem de 55 anos fugiu da loja depois que não encontrou a vítima, que conseguiu se esconder; caso foi registrado em Sorocaba.

DDM de Sorocaba — Foto: Reprodução/ TV TEM

DDM de Sorocaba — Foto: Reprodução/ TV TEM

Um policial militar aposentado, de 55 anos, tentou matar a ex-mulher horas após a audiência de divórcio enquanto a vítima trabalhava em uma loja na avenida Ipanema, Jardim das Flores, em Sorocaba (SP). Segundo boletim de ocorrência, a mulher tinha medida protetiva de urgência contra o homem.

Ainda de acordo com o boletim de ocorrência, testemunhas contaram que houve disparo de arma no comércio na segunda-feira (25), quando o atirador caminhou até a mulher, que trabalha como caixa. Em seguida, houve confusão.

A vítima conseguiu correr e subir para outro cômodo. Em seguida, ele foi atrás, mas a arma travou e deixou cair um projétil. Na sequência, o suspeito entrou no refeitório, apontou a arma para uma funcionária e perguntou onde a ex-esposa estava.

Outro homem foi rendido no banheiro durante a busca pela ex-mulher. Como ela não foi encontrada, o policial aposentado foi para o carro, fugiu e não foi encontrado.

Ainda conforme o boletim, a mulher tentou ligar para a Polícia Militar e pedir ajuda quando o ex-marido disparou. O caso é investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher.

*G1