Veterinária deixa motel em surto e morre embaixo de caminhão

A vítima estava com um empresário em um motel na saída de Campo Grande para Três Lagoas.

Jovem morreu sob caminhão em rua na frente do motel - Crédito: Adriano Fernandes/Campo Grande News

Jovem morreu sob caminhão em rua na frente do motel - Crédito: Adriano Fernandes/Campo Grande News

A veterinária de 29 anos, morreu na noite de ontem, 16, após ter um surto em um dos quartos de um motel localizado na saída de Campo Grande para Três Lagoas. A mulher estava acompanhada de um empresário que foi embora do local após a vítima surtar. A informação é do portal Hojemais.

De acordo com o site de notícias Campo Grande News, os gritos da veterinária chamaram a atenção dos vizinhos. A vítima saiu correndo do quarto, onde estava com a boca espumando e logo em seguida começou a se rastejar no asfalto e quase foi atropelada na BR-262, mas o caminhoneiro conseguiu parar a tempo. A vítima entrou entre o pneu e o eixo do caminhão e se negou a sair debaixo do veículo.

Segundo uma testemunha, a vítima estava visivelmente descontrolada. “Eu pedia para ela se levantar, dizia que ia ficar tudo bem, mas ela falava que a mãe dela não podia ver ela daquele jeito”, conta. Ela chegou a receber socorro, mas morreu pouco depois.

O delegado responsável pelo caso, Ricardo Meirelles, da 3ºDP (Delegacia de Polícia), permaneceu por 35 minutos no motel, onde examinou o quarto e encontrou vestígios de cocaína o que pode indicar o motivo do surto da veterinária. A suspeita principal é que ela tenha sofrido overdose.

O empresário que estava com a vítima ainda não foi ouvido pela polícia. O delegado disse que está negociando com advogado a apresentação para interrogatório.

Por enquanto, ele é tido como testemunha, mas pode responder por omissão de socorro ou pela morte da jovem, caso seja comprovado que ele forneceu a droga.

(*) com informações de Campo Grande News