Sob forte calor, Expo Dubai começa a receber visitantes nesta sexta

No início da manhã, os termômetros já marcavam 30 °C

Evento estava programado para 2020, mas a pandemia adiou para 2021 Marcelo Camargo/Agência Brasil

Evento estava programado para 2020, mas a pandemia adiou para 2021 Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os portões da Expo 2020 foram abertos hoje (1°), às 9h (horário de Dubai), permitindo acesso de visitantes a esse que é o maior evento internacional com presença de público desde o início da pandemia de covid-19. A exposição mundial começou com o clima característico dos Emirados Árabes Unidos: muito calor.

Já no início da manhã, os termômetros indicavam mais de 30 graus Celsius (°C). À tarde, com o sol a pino, a temperatura estava em torno de 40°C, com sensação térmica superior. Como o evento é realizado ao ar livre, o clima quente é algo com que os visitantes precisam se acostumar.

As coberturas de lona que cobrem boa parte das alamedas da exposição garantem alguma proteção contra o sol, mas de forma alguma amenizam o calor. A filipina Ann Pedraza, que vive na cidade de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, disse estar “pingando de suor”.

“É divertido circular por aí, mas toda hora a gente tem que dar uma parada em algum pavilhão e ficar por uns 10 minutos, para resfriar um pouco o corpo”, disse a jovem.

O brasileiro Fabio Lucas Rizzo, que vive em Limeira, parou em Dubai com a família, depois de uma viagem às Maldivas. “A estrutura da exposição é fantástica. Não tinha ideia de como seria isso aqui. Há dois anos, estive em Dubai e vi as propagandas, mas não tinha ideia de que teria esse tamanho. O calor a gente está acostumado. E as sombrinhas no meio do caminho ajudam um pouco”, disse.

Covid-19
Uma das preocupações da exposição é com a covid-19, doença que provocou o adiamento do evento em um ano. Os visitantes precisam apresentar certificado de vacinação ou teste de detecção da doença com resultado negativo.

“Como a gente vai voltar ao Brasil amanhã, a gente já fez um teste de covid. Mas também estamos vacinados e todas as vacinas do Brasil são aceitas aqui”, contou o brasileiro.

Apesar do calor e das restrições em função da pandemia, muitos moradores locais e turistas se animaram para visitar a exposição. Como o espaço é amplo, com mais de 4 quilômetros quadrados (km²), é possível visitar o evento sem gerar aglomerações.

A Expo 2020 é uma exposição mundial para promover e debater alternativas e inovações tecnológicas, que os países participantes exibem para o mundo através de pavilhões. O pavilhão do Reino Unido, por exemplo, apresenta inovações em inteligência artificial e exploração espacial.

Empresas também estão representadas, como a companhia aérea nacional de Dubai, Emirates, que exibe em seu pavilhão visões sobre o futuro da aviação, como cabines de aviões que trarão mais conforto para passageiros e motores que consumirão menos combustível.

*Agência Brasil