Holanda oferece 4 mil euros para quem comprar carro elétrico

Países na Europa oferecem descontos e subsídios para motoristas que trocarem os veículos movidos a combustível fóssil.

União Europeia quer acabar com venda de carros até 2030 (Foto: Pixabay)

União Europeia quer acabar com venda de carros até 2030 (Foto: Pixabay)

Visando um futuro com transporte mais sustentável, a Holanda anuncia que vai começar a realizar incentivos financeiros para cidadãos que comprarem carros elétricos. A informação é do portal R7.

Caso o morador dos países baixos compre um veículo novo com o valor acima de 45 mil euros, a partir de julho deste ano, o desconto de preço passa a ser de 4 mil euros, ou aproximadamente R$ 19 mil.

Os veículos usados também têm desconto, mas o valor cai pela metade. São apenas 2 mil euros ou R$ 10 mil.

Para ter acesso ao incentivo e evitar fraudes, o carro precisa ter padrões específicos e deve ser comprado em locais previamente autorizados pelo governo.

A intenção é que o subsídio seja diminuído conforme mais opções de carros elétricos cheguem ao mercado. O prazo máximo para que seja totalmente removido é 2025.

Outros países da Europa oferecem esse tipo de ajuda, como a Alemanha, que também oferece 4 mil Euros de incentivo, e o Reino Unido, que oferece 3.500 libras para a alternativa sustentável. A Romênia oferece 10 mil euros, ou quase R$ 50 mil, de descontos para seus motoristas.