Boxeador morre no hospital quatro dias depois de sofrer lesão cerebral em combate

Aos 27 anos, o americano Patrick Day sofreu lesão cerebral em combate com Charles Cornwell, no último domingo (13), passou por cirurgia, mas não resistiu.

Patrick Day, de short azul e vermelho, é golpeado por Charles Conwell — Foto: Dylan Buell/Getty Images

Patrick Day, de short azul e vermelho, é golpeado por Charles Conwell — Foto: Dylan Buell/Getty Images

O boxeador americano Patrick Day, de 27 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira em decorrência de uma lesão cerebral sofrida em uma luta, na madrugada de sábado para domingo. O lutador passou por uma cirurgia e foi colocado em coma induzido, mas não resistiu.

No último final de semana, Day enfrentou Charles Conwell, em Chicago, nos Estados Unidos. No 10º round do combate, Pat Day, como era conhecido, foi nocauteado pelo adversário e precisou ser retirado de maca do ringue depois da pancada.

“Ele era filho, irmão e um grande amigo para muitos. A gentileza de Pat, positividade e generosidade de espírito deixaram marcas em todas as pessoas que ele conheceu”, escreveu em nota oficial o promotor do combate, Lou DiBella.
Também americano, Charles Conwell, de 21 anos, o adversário de Patrick, escreveu uma carta aos fãs um dia depois da luta, quando Day ainda estava em coma induzido.

– Eu nunca quis que isso acontecesse com você, tudo que eu queria era vencer. Se eu pudesse voltar atrás, voltaria. Ninguém merece que isso aconteça – disse Conwell.

Patrick Day tinha um card de 22 lutas, com 17 vitórias, quatro derrotas e um empate.

Patrick Day, de short azul e vermelho, é golpeado por Charles Conwell — Foto: Dylan Buell/Getty Images
Patrick Day, de short azul e vermelho, é golpeado por Charles Conwell — Foto: Dylan Buell/Getty Images