Corredor de maratona dá tapa em traseiro de repórter ao vivo e causa revolta nos EUA

As autoridades do estado da Geórgia prometeram identificar o indivíduo responsável pelo assédio. Assista ao vídeo.

O instante no qual a jornalista Alex Bozarijan é vítima de assédio de um corredor (Foto: Reprodução)

Um corredor de maratona deu um tapa ao vivo no traseiro de uma repórter de TV que cobria a disputa realizada no estado norte-americano da Geórgia. A jornalista Alex Bozarijan cobria a corrida de 10 KM Savannah Bridge Run quando foi vítima do assédio. As informações são da Revista Monet.

Ela falava ao vivo sobre a competição, logo após a largada, quando o homem de boné e óculos escuros a agrediu. No vídeo, a repórter mostra-se em choque após o incidente, mas ainda assim consegue encerrar sua participação – assista ao registro no final do texto.

Posteriormente, a jornalista utilizou a conta dela no Twitter para criticar o indivíduo ainda não identificado: “Para o homem que deu um tapa na minha bunda na transmissão ao vivo: você me violou, me objetificou e me constrangeu. Nenhuma mulher deveria passar por isso no trabalho ou em lugar algum!! Melhore”.

O diretor do Conselho de Esportes da cidade de Savannah, Robert Wells, respondeu o tuíte da repórter prometendo identificar o homem responsável pelo assédio: “Alex, o que aconteceu hoje é 100% inaceitável. Você tem a minha promessa que vamos identificá-lo”.

O tuíte da jornalista Alex Bozarijan após ser vítima de assédio (Foto: Twitter)
O tuíte da jornalista Alex Bozarijan após ser vítima de assédio (Foto: Twitter)

O Departamento de Polícia de Savannah divulgou um comunicado público também prometendo identificar o indivíduo: “Nós definitivamente estamos trabalhando com a Alex para seguirmos com esse ocorrido”.

“É repulsivo o que esse cara fez”, afirmou uma pessoa no Twitter. “A cara e a voz dela após esse assédio quebraram o meu coração…”, disse outra. “Isso é crime”, lembrou uma terceira. “Ninguém deveria ser tocado sem autorização”, afirmou mais uma.

Algumas pessoas chegaram a apontar contas nas redes sociais que pertenceriam ao homem, mas a informação ainda não foi confirmada. Assista ao vídeo do ocorrido: