Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia

O anúncio foi feito em rede nacional após relatório da OEA que apontou irregularidades.

DIVULGAÇÃO

Evo Morales (Foto: DIVULGAÇÃO)

Evo Morales renunciou neste domingo (10) ao cargo de presidente da Bolívia. O anúncio foi feito em rede nacional.

Morales estava sendo pressionado por protestos em todo o país, após a Organização dos Estados Americanos (OEA) ter afirmado que houve irregularidades no pleito realizado no dia 20 de outubro.

Na ocasião, Evo foi eleito em primeiro turno, recomendou que uma nova votação seja feita. A OEA publicou um relatório preliminar sobre o pleito, vencido por Morales – ele teve 47,07% dos votos, e Carlos Mesa, o segundo colocado, 36,51%.

Como é uma diferença de mais de 10 pontos percentuais, o atual presidente foi reeleito em primeiro turno. Mais cedo, o ex-presidente havia decidido a convocar novas eleições.