Cão vira-lata tem patas decepadas por bandidos

Tally foi encontrada acorrentada ao tronco de uma árvore na cidade de Burascate, na Romênia.

Uma cachorrinha fruto de cruza de raça indefinida com shar-pei chamada Tally passou por uma situação cruel e traumática. Ela teve as patas dianteiras cortadas por um grupo de assaltantes. Acredita-se que ela tinha apenas oito meses de idade quando o crime aconteceu.

Tally foi encontrada acorrentada ao tronco de uma árvore na cidade de Burascate, na Romênia. Ela estava incapaz de ficar em pé devido a gravidade dos ferimentos e foi resgatada pela Shar Pei Rescue Scotland.

Uma das voluntárias da iniciativa, Karen Harvey, soube do caso e decidiu levá-la para casa, na Grã-Bretanha. A tutora já gastou cerca de duas mil libras para cuidar de Tally, pois foi identificada uma séria infecção nos ossos do animal.

Hoje, Karen e o neto vivem felizes com a cachorrinha. Em entrevista dada ao Daily Mail, eles apontam que apesar de ter a mobilidade limitada, Tally brinca e se diverte como qualquer outro cachorro. “Ela ainda está aprendendo a se mover com as patas “curtinhas””, pontua a tutora.