Felipe Neto se manifesta sobre boneco de Luccas Neto de calcinha

Youtuber comparou o episódio ao das mamadeiras eróticas, que viralizaram nas eleições de 2018.

O vídeo de uma mãe inconformada por ter comprado um boneco pirata do Luccas Neto vestido de calcinha levou o irmão mais velho dele, Felipe Neto, a se manifestar sobre o episódio no Twitter. “Boneco do Luccas Neto de calcinha is the new [é a nova] mamadeira de p**”, tuitou o youtuber, que possui 34,6 milhões de inscritos em seu canal na plataforma. O caçula, Luccas, é o maior influenciador digital do público infantil: no Youtube, já são quase 30 milhões de seguidores.

Em seu post, Felipe referiu-se à notícia falsa que viralizou às vésperas das eleições de 2018 atribuindo ao Partido dos Trabalhadores (PT) a distribuição de mamadeiras com um bico em formato de pênis.

A mãe que reclamou de ter comprado o boneco pirata de calcinha disse que se decepcionou muito com o brinquedo, que ela resolveu dar ao filho após muita insistência. “Ele vem com um cordãozinho de coraçãozinho, você aperta ele toca uma musiquinha, mas não foi isso que me abalou. O cordão é bem feminino, mas é uma coisa que qualquer um usa. Agora, explicar para o meu filho por que o boneco dele estava usando calcinha foi bem difícil”, reclama a mulher, cujo o filho tem cinco anos.

O boneco pirata adquirido pela mãe tem várias diferenças em relação ao original. O falsificado, por exemplo, é articulado e possui um coração com led no peito, enquanto o legítimo é rígido e tem apenas uma caixa de som. Além disso, há divergência na espessura e tamanho dos dois brinquedos. Compare as versões:

Falsificado
Falsificado
Verdadeiro
Verdadeiro