Atriz de ‘Glee’ desaparece ao velejar em lago na Califórnia com filho

A polícia local segue em busca de Naya Rivera, que interpretou a personagem Santanna Lopez; a criança de 4 anos foi encontrada sem ferimentos.

Naya Rivera em foto do dia 18 de novembro — Foto: Joshua Blanchard/Getty Images for Alliance of Moms/AFP

Naya Rivera em foto do dia 18 de novembro — Foto: Joshua Blanchard/Getty Images for Alliance of Moms/AFP

A atriz Naya Rivera, de 33 anos, que estrelou seis temporadas da série “Glee”, é considerada desaparecida desde a noite desta quarta-feira (8). A americana sumiu após um passeio de barco no Lago Piru, na Califórnia.

Equipes de resgate seguem à procura da atriz, informou a polícia local.

Naya alugou um barco por volta das 13h, e saiu para navegar com o filho de 4 anos.

Segundo o xerife do condado de Ventura, Eric Buschow, a atriz chegou a nadar no lago com o menino.

Buschow disse que o garoto voltou ao barco depois de nadar, mas sua mãe não o seguiu. O menino foi encontrado dormindo no barco sozinho.

Buschow informou que mergulhadores participam nesta quinta (9) da operação de buscas.

Naya Rivera começou a atuar aos 4 anos na comédia da CBS “The Royal Family”. Ela fez participações especiais em vários programas, incluindo “Um Maluco no Pedaço” e “Baywatch”.

Ela interpretou a personagem Santanna Lopez em seis temporadas da série musical “Glee”.

Naya Rivera em 'Glee' — Foto: Divulgação
Naya Rivera em ‘Glee’ — Foto: Divulgação

Repercussão

Os colegas de elenco de Rivera em “Glee” usaram as redes sociais para se pronunciar sobre o desaparecimento da atriz. Heather Morris, que interpretou Brittany, par romântico de Santanna na série, pediu orações “para trazer nossa Naya de volta para casa. “Precisamos do seu amor e de sua luz”, escreveu ela em um storie.

Pelo Twitter, Harry Shum Jr, que viveu Mike Chang, escreveu apenas “rezando”, ao se referir ao desaparecimento da colega.

Tragédias e polêmicas em Glee

A série Glee, sucesso da Fox, é cercada de tragédias envolvendo seus atores. Em julho de 2013, Cory Monteith, que interpretava Finn Hudson, foi encontrado morto, aos 31 anos, em um hotel de Vancouver, no Canadá. Ele teria sido vítima de uma overdose de heroína.

O ator Mark Salling, que deu vida ao personagem Noah “Puck” Puckerman, teria se suicidado em janeiro de 2018, aos 35 anos. Em outubro do ano anterior, ele declarou-se culpado por possuir imagens de pornografia infantil e chegou a um acordo judicial para ser sentenciado a sete anos de prisão. Cinco anos antes, ele havia sido acusado de agredir sexualmente uma ex-parceira.

Em novembro de 2017, a própria Naya Rivera foi presa acusada de agredir seu marido, Ryan Dorsey. Ela pagou fiança de US$ 1 mil e foi liberada.

Em junho deste ano, a protagonista da série, a atriz Lea Michelle, foi acusada por colegas do elenco de racismo nos bastidores da atração. A atriz chegou a se desculpar, mas logo depois foi chamada de transfóbica por dizer à modelo transexual Plastic Martyr que ela estava no lugar errado ao encontrá-la no banheiro feminino.

*Com informações do G1 e R7