Dançarino de Anitta, famoso após “Vai Malandra”, é assassinado

Ainda não há informação sobre a motivação do crime que tirou a vida de Rodrigo Motta. Ele também trabalhava como bartender.

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Rodrigo Motta, de 28 anos, o dançarino da cantora Anitta que ficou conhecido após participação no clipe “Vai Malandra”, foi assassinado nessa segunda-feira (09). Ele também trabalhava como bartender no Vidigal, no Rio de Janeiro. As informações são do jornal Extra.

A família confirmou a morte de Rodrigo. O dia e o horário do velório serão repassados pelos parentes em breve. Ainda não há informações sobre a morte do bartender.

Rodrigo ganhou destaque no clipe de Anitta e começou a receber propostas para outros trabalhos.