Tênis de mesa: brasileiros avançam às quartas em 1º torneio pós-Tóquio

Hugo Calderano reencontra ex-parceiro e Bruna Takahashi faz história.

© André Soares/CBTM/Direitos Reservados

© André Soares/CBTM/Direitos Reservados

O Brasil será representado por Bruna Takahashi e Hugo Calderano nas quartas de final do WTT Star Contender, disputado em Doha (Catar). Trata-se do primeiro grande torneio internacional de tênis de mesa após a Olimpíada de Tóquio (Japão). Os dois principais jogadores do país ganharam os dois jogos que disputaram nesta quinta-feira (23) e voltam à mesa na sexta-feira (24), em horários que ainda serão divulgados pela organizaç

O torneio integra o circuito mundial da Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF, sigla em inglês), que criou a WTT (sigla para World Table Tennis) em 2019 para organizar as competições internacionais da modalidade. O evento em Doha distribui até 600 pontos no ranking mundial e US$ 200 mil (ou R$ 1,06 milhão) em premiações no total.

A campanha no Catar já é a melhor da carreira de Bruna. Ela havia alcançado somente a fase de 32 (que reúne 64 jogadores) em torneios deste nível. Nesta quinta, a brasileira, número 49 do mundo entre as mulheres, derrotou Lin Ye (61ª do ranking), de Singapura, por 3 sets a 0 (11/8, 12/10 e 11/5). Em seguida, bateu a indiana Sreeja Akula (143ª) pelo mesmo placar (11/7, 11/4 e 12/10). Na fase anterior, a adversária havia surpreendido a sul-coreana Suh Hyowon (21ª). A próxima rival da paulista de 21 anos será a ucraniana Margaryta Pesotska (35ª).

Número oito do mundo entre os homens, Calderano estreou superando o paraguaio Marcelo Aguirre (65º) por 3 sets a 0 (11/6, 11/6 e 11/7). Na sequência, enfrentou o sul-coreano Lim Jonghoon (75º), que eliminou o também brasileiro Gustavo Tsuboi (37º) por 3 a 0 (5/11, 6/11 e 4/11) na fase anterior. O asiático saiu na frente, mas o carioca de 25 anos reagiu e venceu por 3 a 1 (10/12, 12/10, 11/9 e 11/8). O adversário nas quartas será o francês Simon Gauzy (19º), ex-parceiro de equipe no Ochsenhausen (Alemanha).

Também nesta quinta, o tênis de mesa brasileiro disputou vaga na semifinal das duplas mistas, mas Vitor Ishiy e Bruna Takahashi foram derrotados pelos sul-coreanos Jang Woojin e Jeon Jihee por 3 sets 0 (4/11, 7/11 e 7/11). Na quarta-feira (22), eles superaram a holandesa Britt Eerland e o finlandês Benedekk Olah por 3 a 1 (10/12, 11/6, 11/6 e 11/5).

*Agência Brasil