FGTS: Governo espera liberar R$ 4,5 bi em saques-aniversário em 2020

Para habitação popular, a previsão é que o orçamento operacional caia 500 milhões anualmente: de R$ 65,5 bi neste ano para R$ 64 bi em 2023.

No orçamento aprovado pelo Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a expectativa de liberação para os saques-aniversário é de R$ 4,5 bilhões em 2020. O valor, publicado nesta segunda-feira (2) no Diário Oficial da União, cresce até 2023, ano em que devem ser retirados R$ 5,2 bilhões.

O volume total dos saques do FGTS, incluindo multas, rescisões e outras retiradas previstas em lei é de 144.160.564.000 em 2020 e chega a 152.584.785.000 em 2023.

O Ministério da Economia sempre evitou fazer qualquer projeção sobre as expectativas de retiradas de saque aniversário. Como cabe ao trabalhador decidir se quer ou não receber uma vez por ano parte de seu saldo no fundo, era difícil fazer qualquer aposta de quanto seria o valor.

Para aplicação em habitação popular, a previsão é de um orçamento operacional, para contratações, de R$ 65,5 bilhões em 2020. O valor cai 500 milhões a cada ano, chegando a R$ 64 bi em 2023.