Natal: Procon aponta diferença de até 125% nos preços de itens da ceia

Pesquisa comparou preços de 137 itens: azeites, bombons, carnes congeladas, lentilhas secas, conservas, farofas prontas, frutas em calda e panetones

Preço da carne varia em média 14% de um lugar para o outro, segundo o Procon (Foto: Pixabay)

Preço da carne varia em média 14% de um lugar para o outro, segundo o Procon (Foto: Pixabay)

A diferença de preço nos produtos utilizados na ceia de Natal pode chegar a 125,63%, segundo levantamento feito pelo Procon-SP, divulgado nesta terça-feira (17). As informações são do portal R7.

A maior diferença, de125,63% foi encontrada na azeitonas verdes sem caroço de 160g, da Rivoli. Em um local estava R$ 8,98 enquanto em outro custava R$ 3,98.

Também foi identificada grande diferença de preço nos panetones/chocotones (50,46%). O panettone gotas de chocolate (400g) da Village custava R$16,40 em um estabelecimento e R$ 10,90, em outro.

O levantamento, realizado de 2 a 4 de dezembro em dez supermercados do município de São Paulo, comparou os preços de 137 dos seguintes itens de diferentes marcas: azeites, bombons, carnes congeladas, lentilhas secas, conservas, farofas prontas, frutas em calda, panetones e chocotones.

Após comparação de 106 produtos comuns entre as pesquisas realizadas neste ano e no ano passado, constatou-se, em média, alta de 0,56% no preço.

Os produtos que variaram positivamente foram: carnes (14%), frutas em calda (4,04%), bombons (2,45%) e panettones/chocottones (2,29%).

O aumento só não foi maior em função, principalmente, do azeite e lentilhas secas, que registraram queda de 11,73% e 11,66%, respectivamente.

O IPC-SP (Índice de Preços ao Consumidor de São Paulo) da FIPE, referente ao período, registrou variação de 3,50%.

Interior e Litoral

No levantamento, a maior diferença encontrada foi na Baixada Santista.

O palmito Juçara Picados, 300g, da Hemmer, apresentou uma diferença de 344,83%, custava R$ 39,99 em um local e R$ 8,99, em outro.

Consumidor deve planejar ceia

O Procon-SP orienta que o consumidor planeje o cardápio com antecedência listando os alimentos, bebidas e ingredientes para o preparo.

Isso ajuda a evitar compras desnecessárias e por impulso.

Também é importante ler as embalagens e rótulos dos produtos antes de comprar, observando características, condições de conservação e informações nutricionais, além da data de validade.

As promoções divulgadas pelos estabelecimentos comerciais devem ser cumpridas, por isso é aconselhável guardar os folhetos e anúncios publicitários que comprovem as ofertas.