Homem é preso suspeito de abusar sexualmente da filha bebê de 11 meses e da enteada de 9 anos

Mãe das meninas também foi detida suspeita de ser omissa e não as proteger. Segundo a Polícia Civil, investigado fugiu ao saber que seria pego e mulher foi atrás com as filhas horas depois.

Local em que polícia prendeu suspeito de abusar sexualmente da filha de 11 meses e da enteada de 9 anos — Foto: Reprodução/Polícia Civil

Local em que polícia prendeu suspeito de abusar sexualmente da filha de 11 meses e da enteada de 9 anos — Foto: Reprodução/Polícia Civil

A Polícia Civil prendeu um homem, que não teve a identidade divulgada, suspeito de abusar sexualmente da filha, que tem 11 meses de vida, e da enteada, que tem 9 anos. Segundo a corporação, mãe das meninas também foi detida por ajudar o companheiro a se esconder e há suspeita de que ela possa ter sido omissa e deixado de proteger as filhas. A informação é do portal g1.

Sem o nome dos investigados, o g1 não conseguiu descobrir quem é responsável pela defesa do casal para pedir uma posição sobre o caso. À Polícia Civil, o homem negou os abusos.

O casal foi preso na terça-feira (28), em Mara Rosa, no norte goiano, mas o caso só foi divulgado dois dias depois.

De acordo com os registros da corporação, uma denúncia anônima chegou à Polícia Militar da cidade relatando abuso sexual e violência doméstica. No entanto, as apurações indicaram que o homem descobriu que seria preso e fugiu para a zona rural.

Ainda segundo a Polícia Civil, as meninas passaram por exames médicos e foram levadas, com a mãe, a uma pousada da cidade sob proteção do Conselho Tutelar.

“A mãe despistou o Conselho Tutelar com uma história de que uma tia iria levar as meninas para Goiânia. Mostrou cumplicidade com o autor após o estupro”, detalhou o delegado Matheus Oliveira.

No entanto, segundo ele, a mulher conseguiu levar as filhas para junto do procurado em um esconderijo na zona rural.

A Polícia Civil conseguiu interrogar a mulher até que ela contasse onde o homem estava com as meninas. Os policiais os encontraram em um ambiente insalubre com uma barraca ao lado de embalagens descartadas e alimentos abertos.

O casal deve responder pelo crime de estupro de vulnerável. Se condenados, eles podem ficar presos por até 15 anos.

Suspeito de abusar da filha de 11 meses e da enteada de 9 anos estava com as meninas no local onde foi preso — Foto: Reprodução/Polícia Civil
Suspeito de abusar da filha de 11 meses e da enteada de 9 anos estava com as meninas no local onde foi preso — Foto: Reprodução/Polícia Civil