Família é presa suspeita de matar animais para vender a carne

A polícia chegou ao local depois de receber denúncias anônimas. Foram encontrados 50 animais na casa da família em Meaípe, entre gatos e cachorros, além de um papagaio.

REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO

Três pessoas da mesma família foram presas em Guarapari, na Grande Vitória, na última sexta-feira (18), suspeitas de vender carne de cachorro em uma feira. Segundo a polícia, eles também faziam linguiças. As informações são do G1.

A polícia chegou ao local depois de receber denúncias anônimas. Foram encontrados 50 animais na casa da família em Meaípe, entre gatos e cachorros, além de um papagaio.

Segundo o delegado Marcelo Santiago, da Delegacia de Infrações Penais e Outras (DIPO) de Guarapari, foi constatado que os animais também sofriam maus-tratos e eram criados para abate em local insalubre.

A família foi presa e levada para a Delegacia de Guarapari para prestar esclarecimentos. Eles foram encaminhados ao Centro de Detenção provisória do município.