Enfermeira morre e marido policial é internado na UTI após moto bater em árvore

Cissa Amaral Guerreiro Andrade, de 34 anos, perdeu o controle do veículo e saiu da pista. Ela morreu na hora. Já o policial Sebastião Faria, de 33 anos, foi socorrido em estado grave.

Cissa Amaral Guerreiro Andrade e Sebastião Faria sofreram acidente de moto em Pontes e Lacerda (MT) — Foto: Facebook/Reprodução

A enfermeira obstetra Cissa Amaral Guerreiro Andrade, de 34 anos, morreu após perder o controle da moto que conduzia e bater em uma árvore na BR-174, em Pontes e Lacerda, a 487 km de Cuiabá, na noite desse domingo (20). O marido dela, o investigador de polícia Sebastião Faria, de 33 anos, estava na garupa e foi socorrido com ferimentos graves.

Em notas, o Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT) e a Polícia Civil lamentaram a morte de Cissa.

De acordo com a polícia, o casal seguia pela zona rural de Pontes e Lacerda, sentido a Vila Bela da Santíssima Trindade. No caminho, a moto em que eles estavam saiu da pista e bateu em uma árvore.

A polícia informou que o veículo era conduzido por Cissa, que morreu na hora. Já Sebastião foi socorrido em estado grave e está internado, em estado estável, na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Cáceres.

Cissa Amaral Guerreiro Andrade morre após bater moto em árvore — Foto: Facebook/Reprodução

O corpo de Cissa Amaral foi velado na Igreja Sagrado Coração de Jesus, em Pontes e Lacerda.

Uma equipe da Polícia Civil prestará homenagem à mulher do policial acompanhando o cortejo até o cemitério onde será realizado o sepultamento.

Os conselheiros e empregados do Coren-MT também se solidarizaram com a família da vítima e encaminharam votos de pesar.

Cissa trabalhava no Hospital Vale do Guaporé, em Pontes e Lacerda. O policial Sebastião está lotado na Delegacia de Polícia do município.

Cissa Amaral Guerreiro Andrade e Sebastião Faria estava na zona rural de Pontes e Lacerda (MT) quando sofreram o acidente de moto — Foto: Facebook/Reprodução