PF cumpre mandados de prisão contra esquema ilegal de câmbio no Rio

Auditores da Receita são suspeitos de movimentar altas quantias.

© Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil

© Arquivo/Tânia Rêgo/Agência Brasil

Policiais federais cumprem hoje (17) mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra dois auditores da receita estadual do Rio de Janeiro. Eles são suspeitos de movimentar altas quantias por meio de operações ilegais de câmbio (compra e venda de moeda estrangeira).

A operação de hoje, chamada Recorrência, é um desdobramento da Câmbio Desligo, deflagrada em 2018 e que investigou um esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas envolvendo doleiros em um esquema de corrupção durante o governo de Sérgio Cabral.

De acordo com a Polícia Federal, os dois auditores que são alvos da operação de hoje integravam um braço na Secretaria Estadual de Fazenda da organização criminosos que seria chefiada por Cabral.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal Federal do Rio de Janeiro.

*Agência Brasil