Naufrágio no Amapá deixa 13 mortos e 46 resgatados com vida

Acidente ocorreu quando o navio saiu de Santana, no Amapá, com destino à Santarém, no Pará. Inquérito foi instaurado para apurar causas

Embarcação naufraga no sul do Amapá e deixa 13 mortos (Foto: Reprodução/Jornal de Brasília)

Embarcação naufraga no sul do Amapá e deixa 13 mortos (Foto: Reprodução/Jornal de Brasília)

Subiu para 13 o número de pessoas mortas após o naufrágio de uma embarcação no sul do Amapá na madrugada do domingo (1º). De acordo com o Capitania dos Portos do Estado, o número de pessoas resgatadas também subiu para 46. As buscas por mais vítimas foram retomadas na manhã desta segunda-feira (2). A informação é do portal R7.

Até o domingo, a Marinha do Brasil, por meio da Capitania dos Corpos, informou que haviam sido encontrados sete vítimas e resgatadas 46 pessoas com vida entre passageiros e tripulantes, após o naufrágio do navio Anna Karoline 3 nas proximidades da boca do rio Jari.

O Comando do 4° Distrito Naval, em Belém, no Pará, direcionou para o local do acidente um aviso com o objetivo de auxiliar as buscas com uma aeronave do 1° Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral do Norte mergulhadores, médicos e enfermeiros do Hospital Naval de Belém. Um inquérito foi instaurado para
apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

O navio Anna Karoline 3 saiu de Porto do Grego, no município de Santana, no Amapá, com destino à Santarém, no Pará, e naufragou nas proximidades da boca do rio Jari, na região sul do Estado.

A Marinha do Brasil informou ainda que a Capitania dos Portos, após tomar conhecimento do naufrágio, enviou imediatamente uma equipe de busca e salvamento para o local para realizar buscas aos desaparecidos.

De acordo com informações da Marinha do Brasil, o comandante da embarcação explicou que o acidente ocorreu após um vento forte. Segundo ele, passageiros caíram na água e foram resgatados por uma balsa que passava pelo local.