Recepcionista é encontrada morta em hotel, no Centro de BH

Mulher assassinada tem cerca 26 anos e não foi identificada. Ela foi golpeada pelas costas e os sinais achados pela perícia indicam que vítima tentou se defender.

Mulher é achada morta em hotel de BH — Foto: Reprodução/TV Globo

Mulher é achada morta em hotel de BH — Foto: Reprodução/TV Globo

Uma recepcionista foi encontrada morta dentro do Hotel Ruby, na Rua Caetés, no Centro de Belo Horizonte, na madrugada desta quinta-feira (26).

De acordo com a Polícia Militar (PM), não houve denúncia na hora do crime e a PM soube do caso quando uma viatura, que passava pela rua, foi parada por um cliente. A perícia também foi chamada.

“Ela não foi identificada, não tem documento. É uma garota morena, estatura mediana, uma blusa preta e uma bermuda jeans. Tem umas tatuagens nas costas, na perna”, explicou o sargento Milton Ferreira.
Segundo a PM, a mulher assassinada tem aproximadamente 26 anos e não foi identificada. Ela foi golpeada pelas costas. Os sinais encontrados pela perícia indicam que a vítima tentou se defender e houve luta corporal. A PM informou que há câmeras dentro do hotel e na porta.

Segundo a PM, a vítima tinha 14 perfurações, provavelmente causadas por uma chave de fenda ou punhal. A arma não foi encontrada.

O corpo estava em um dos corredores do prédio de três andares. No local, os policiais conversaram com alguns clientes. Um suspeito do crime já foi identificado.

As câmeras de segurança instaladas do lado de dentro e fora do hotel devem ajudar na identificação do suspeito. O crime será investigado pela Polícia Civil.

A PM disse que faria rondas periódicas em frente ao hotel, mas, que devido a outras demandas, não permaneceria fixa no local. Informou também que, na semana passada, apreendeu duas armas no hotel, que é ponto de tráfico de drogas.