Em carta de suicídio, garota denuncia estupro por parte dos pais e casal é preso

Érica, de 19 anos, sofria abusos desde os 15. Ela chegou a contar sobre o crime para a mãe, que nada fez.

Casal foi preso pelo crime de estupro após a filha cometer suicídio - Divulgação

Um casal foi preso pela Polícia Civil na cidade de Governador Newton Bello, no interior do Maranhão, após a filha deles cometer suicídio.

Érica Neves, de 19 anos, afirmou em carta de despedida que o motivo para tirar a própria vida foi o constante abuso sexual sofrido por ela dentro de casa.

Nos relatos, Érica afirmava que sofria abusos sexuais desde os 15 anos de idade. Na carta ela contou ainda, que já havia contado para a mãe sobre o crime, mas que a mulher não fez nada.

Após a denúncia, a polícia começou a investigar o caso e apreendeu os telefones de Érica, da mãe dela, Rosinete Lima Neves, de 40 anos, e do pai, Edmar Cavalcante Neves, de 46 anos.

A troca de mensagens foi comprovada por perícia e o mandado de prisão dos dois foi executado.

Os dois foram presos pelo crime de estupro e foram encaminhados para presídios, onde aguardarão julgamento.