Marido de paciente em trabalho de parto agride obstetra e é preso, em SC

O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (13), no hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Segundo informações da assessoria de imprensa do Hospital, o médico teve ferimentos graves e passa por cirurgia.

Médico sofreu graves lesões na face (Foto: Diario BC/Igor Silva)

Médico sofreu graves lesões na face (Foto: Diario BC/Igor Silva)

De acordo com informações da assessoria de imprensa do Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, Santa Catarina, a agressão aconteceu na manhã desta quarta-feira (13), durante o atendimento a uma paciente em trabalho de parto. “Enquanto a mulher era atendida, o marido dela – de forma inesperada – agrediu o obstetra com socos”, afirma a nota oficial.

De acordo com a Divisão de Investigação Criminal (DIC), de Itajaí, o marido já teria avisado ao médico que não tocasse na mulher dele quando ele não estivesse por perto. “Mas ela entrou em trabalho de parto e o marido estava trabalhando. Quando ele chegou ao hospital, já partiu para cima do obstetra, agredindo”. Ainda segundo a polícia, o marido já teria registros policiais por crimes como ameaças e lesão corporal. Após a agressão, o casal foi para o hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, onde o agressor foi preso pela polícia militar.

O Hospital Marieta informou que o médico sofreu lesões graves e, nesse momento, passa por uma cirurgia reconstrutiva da face. Em nota, o hospital afirmou que “repudia veementemente” a agressão realizada a um dos médicos da instituição. “O Hospital Marieta tomará todas as medidas para dar suporte assistencial ao médico, quanto para que o agressor suporte as consequências legais dessa condenável atitude”, finalizou. Os nomes do médicos e do agressor não foram divulgados.

Hospital Marieta fica em Itajaí, Santa Catarina (Foto: Divulgação)
Hospital Marieta fica em Itajaí, Santa Catarina (Foto: Divulgação)